Aliança de ouro rosé: confira o charme deste tom

Aliança de ouro rosé: confira o charme deste tom

Para quem quer sair do tradicional ouro amarelo e busca por um uma aliança diferente, o ouro levemente rosado é uma opção bastante interessante. Além de ser visualmente atraente, essa tonalidade está em alta no mercado e fica linda quando combinada com outras cores.

Assim, você pode usar sua aliança de ouro rosé com qualquer outra peça de joia. Ela vai se destacar de maneira elegante e cheia de estilo. Quer saber mais sobre esse tom? É só continuar lendo o post e conferir todo o charme que essa aliança pode lhe proporcionar.

Descubra como surgiu o ouro rosé

Por ser uma cor diferente e menos utilizada que as demais, muita gente tem curiosidade de saber como é feito o ouro rosé e de onde surgiu. A tonalidade é feita a partir de uma mistura de 75% de ouro amarelo, um terço de prata e dois terços de cobre. É a mistura da prata com o cobre que confere o tom rosado ao ouro.

Embora tenha despontado na idade Média, o ouro rosé só fez bastante sucesso por volta dos anos 1920. No entanto, acabou quase esquecido durante um longo período, até cair novamente nas graças de joalheiros e consumidores já nos anos 2000.

Com uma moda mais eclética, que trouxe a possibilidade de misturar diversas tonalidades de ouro em uma mesma produção, as alianças de ouro rosé começaram a ser bastante procuradas. Assim, é possível fazer diversas produções mistas e ainda criar um destaque para a peça, ao combiná-la com joias de ouro branco, por exemplo.

Entenda o diferencial de escolher uma aliança de ouro rosé

É comum que os casais queiram algo especial para simbolizar sua união. Alianças tradicionais podem parecer comuns demais. Especialmente entre os mais jovens, a busca por uma peça inovadora pode levar à escolha certeira de uma aliança de ouro rosé.

Embora a tonalidade rosada seja bastante conhecida, não é comum que os noivos optem por essa cor de aliança. Para quem procura uma joia original, os modelos nessa tonalidade chamam bastante a atenção. Afinal, uma aliança desse tipo é romântica, moderna e ainda combina com diversas outras tonalidades de ouro. Ou seja, destacando-se na medida certa!

Vale lembrar que muitas pessoas acreditam que o ouro amarelo se destaca demais. E por ser uma peça que será utilizada diariamente, preferem algo um pouco mais discreto, mas longe de ser comum. O ouro rosé se mostra exatamente como esse meio-termo.

Conheça as variações de cor do ouro rosé

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que, por se tratar de uma liga metálica, é possível criar algumas variações da cor. Dessa forma, se você quer uma aliança de ouro rosé, é muito provável que encontre uma variação que combina com você.

Mas se ainda assim você tem dúvidas na hora de escolher, algumas dicas podem ajudar. Primeiramente, é importante saber se a sua pele é fria ou quente. No primeiro caso, as veias do pulso aparecem mais azuladas; já no segundo caso, você as vê em um tom mais esverdeado.

Tons de pele quentes costumam valorizar mais o ouro rosé. No entanto, se a sua pele é muito fria, é só procurar uma versão que traga maior quantidade de prata na liga, ou seja, menos avermelhada.

As alianças de ouro rosé são elegantes, discretas e sofisticadas. Por isso são ótimas escolhas para casais que desejam selar seu compromisso com um anel, mas não querem as tradicionais peças em ouro amarelo. O mais importante é que vocês estejam felizes com a sua escolha, e a peça reflita a personalidade do casal.

Gostou da ideia? Continue conosco e receba dicas para um chá de lingerie inesquecível.

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.